TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

31 de dez de 2009

Henry Miller , falou , tá falado !!!


Vamos fazer 1 ano amanhã...

1 ano de textos aqui neste bloguento blog...

E eu sei que poderia ter sido melhor...

Mas tudo vale a pena se a lauda não é pequena ...

1 ano de coisas e sentimentos , de emoções e imensas brigas...

E sabem de uma coisa ?

Valeu cada palavra , cada comentário , cada elogio e cada xingamento...

Ano que vem , vamos reescrever cada um deses textos , de uma forma bem minha cara...

Amanhã voces verão o mesmo texto do dia 1 de janeiro de 2009 , na sua versão Slowniana de 1 de janeiro de 2010 e nada será com dantes no quartel de abrantes...

A coisda de escrever é isso e pra se ter uma noção melhor ou pior do ofiçio , faço das palvras de Henry Miller , as minhas . com toda pequenez que me é d direito . por absoluto respeito ao mestre , que me inspira e me pira o cabeção...

"A esta altura sinto-me compelido a tocar numa questão que, embora altamente pessoal pode interessar a todo mundo. Como escritor de alguma fama - talvez uma fama duvidosa -, tenho, naturalmente, muitos jovens escritores entre os meus visitantes, ou escritores em potencial.

Quando sou informado de seus objetivos e propósitos ao escolher a atividade de escritor, sou obrigado a me fazer as perguntas mais fulminantes. De que maneira, pergunto a mim mesmo, sou de fato diferente desses novatos? O que ganhei, produzindo um livro após outro, e que eles não têm? E por que deveria encorajá-los, quando tudo o que fazem é aumentar minhas próprias dúvidas honestas?

Sem dúvida, imaginam para si mesmos um lar tranqüilo no campo, uma esposa amorosa que os entenda e um bando de crianças felizes, satisfeitas. Visualizam a si mesmos produzindo uma obra-prima atrás da outra, num cenário onde tudo funciona como um mecanismo de relógio.
Mas que decepção os espera! Que aborrecimentos e tormentos estão de emboscada para vocês! Dêem-nos seus pensamentos mais poderosos, abalem o mundo até os alicerces - mas não esperem escapar do seu calvário!


Quando tiverem lançado suas criações, tenham a certeza de que serão voltadas contra vocês. Serão grandes exceções, se não forem esmagados e engolfados pelos monstros que vocês mesmos gerarem. Com certeza, chegará o dia em que olharão para o mundo como se ele jamais tivesse recebido o impacto de um único pensamento elevado. Ficarão aterrorizados e perplexos ao ver até que ponto tudo se tornou inteiramente torto, até que ponto vocês e aqueles com quem competiam foram mal compreendidos.


O mundo que inconscientementem ajudaram a criar os reivindicará não como mestres ou árbritos, mas como suas vítimas".


HENRY MILLER


FELIZ ANO NOVO POIS CADA ANO É UM TEXTO NOVO...

30 de dez de 2009

É OU NÃO É O FIM DO MUNDO???


Minha ida ao cinema nesse finalzinho de ano foi para ver 2 filmes:
Avatar e 2012...
Os dois falam de coisas iguais de ângulos diferentes...
O primeiro aborda o homem e sua esperança , o segundo aborda a esperança no homem..
Lá está , nos dois filmes , o velho mal caráter, que só pensa no dinheiro e o herói que salva tudo...
Lá está a esperança na humanidade e a fé em algo maior...Gostei muito dos 2...

Avatar é um filme que merece ser comentado, seja pela estética extremamente atraente, seja pelo novo mundo poético que faz a ilusão as nossas belezas naturais ou pela história que remete a várias clichês mas que foram bem usados para contar da forma de Cameron o universo em sua mente. Assisti ao filme em sala 3D mas tenho certeza que se tivesse visto de outra forma teria gostado do mesmo jeito.


Uma dica a quem for ao cinema: Se deixem levar pela história, não se prendam a detalhes como o fato do fuzileiro querer andar de novo ou o diretor tentar mostrar as pestanas da Beyoncé.



Muito provavelmente o mundo que vivemos não vai acabar em 2012. O que estamos presenciando é o final do mundo do modo que conhecemos.

Existe a idéia que o Calendário Maia é mais complexo e preciso que o nosso. Os Maias previram importantes fatos históricos utilizando o seu calendário. Os mais conhecidos são a chegada de Hernan Cortez, em 8 de novembro de 1519 e que o Zina vai ser preso e se formar em direito na cadeia.

O mesmo calendário prevê que em 21 de dezembro de 2012 acontecerá um fato que mudará o nosso planeta da forma que conhecemos.

Terceira Guerra Mundial, Crise Econômica se transformando em Depressão Econômica Mundial, Eu vou ganhar na mega sena , Xuxa vai ter um menino? Só Deus sabe!

O fato é que várias outras previsões se relacionam com a data de passagem do Calendário Maia. Alguns estudiosos do "I Ching" com a teoria de "Time Wave Zero" prevê o final dos tempos também em 21 de dezembro de 2012.

Além do I Ching previram ou teriam previsto algo grandioso para a data semelhante em 2012:O Mago Merlin , A Bíblia , O Web Bot Project (programa que faz previsões a partir do que é escrito na Internet) , A bruxa do mar do Popeye e o Papai Smurf...










29 de dez de 2009

Alguém me segure!!!!!!!

Alguém me segure!!!!!!!


Homenageando o Máscara , começo essa post...


Alguém me segure e segure meu cartão de crédito ....

Tive um acesso de consumismo hoje , como poucas vezes tive...

Não consegui parar de comprar , mesmo sabendo de vários fatores que me aconselhavam a maneirar um pouco no volume dos gastos , que , eu sei foi bem pequeno , porém , tenho um esquema montado de como gastar a grana e esse hoje , não estava no meu plano de forma nenhuma ...

E me descontrolei ...

Tudo começou com minha ida ao belíssimo bairro de São Conrado e o vento e o ar do lugar me influenciou dramaticamente e resolvi comprar algo , ai pensei :

" Vou comprar um livro pra somar com os 114 lidos nesse ano , pois 115 é um número legal"

Não foi só 1 foram 5...

Diário mínimo volume 1 e volume 2 do grande Umberto Eco.











5 escritos morais , do mesmo autor .




100 anos de solidão , clássico que quero guardar pois já li , do G.G.M.


Pesadelo Refrigerado , do grande Henry Miller , que queria muito ler e já estou lendo agora com gosto , enquanto digito e tomo meu café...


E meus 114 livros lidos nesse ano serão se Deus quiser 119...

Poxa!!! 119 é tão feio e o Salsicha do Scooby Doo disse que dá azar...





Acho que vou comprar mais 1 , pra fazer 120...

NNNNNãããããããããõooooooooooooo!!!!!!!!!!

Alguém me segure!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

28 de dez de 2009

é muito para minha pobre alma...

Ontem descobri que o mundo é belo , mesmo quando a miragem babilonica te mostra que não é bem assim e que somos infinitos...

Não podemos acreditar nos nossos olhos o tempo todo , temos que ser que nem o Ray Charles de vez em quando...



Será que o mundo é tão ruim assim , quanto muita gente fala?


Será que não dá pra ver nada de bom no túnel do fim??



Será que não da pra ver que a esperança é igual ao Rubinho, demora mais chega??




Pensar o infinito e que talvez haja algo realmente infinito. O infinito como conceito, que pode ser delineado, aparecer em toda a sua incomensurabilidade dentro de uma certa capacidade e ignorância humana...



Porque não supor a hipótese de nosso planeta inteiro ser apenas um componente de uma única célula do corpo de um ser imensamente maior, e toda nossa galáxia ser apenas um pedaço de seu pâncreas (isso se esse tipo de vida tiver pâncreas – (risos)).



E se esse ser for ele mesmo apenas um pedaço de alguma outra coisa em um universo existencial muito maior? Por que pensar que o resto do universo esta apenas ao redor? Por que não estar dentro de tudo, e muito mais estar dentro da gente? Por que não estarmos dentro de uma bola de poeira emaranhada?

Observo a luz e penso que é infinita e não se gasta...

Olho os números um e dois na régua e sei que entre eles há uma distância decimadamente infinita...
Este é um momento em que eu gostaria de defender, como muitos já fizeram, a idéia de que tudo é possível apesar de pouco provável.

Tudo é só uma questão de tempo, e o tempo é uma questão de espaço...e o espaço é uma questão de tempo e vice e versa num loop....


Através do meu humilde blog e senso comum , só consigo concluir que isso em que vivemos, esse tempo, esse espaço, esse universo, é algo que caminha para todos os lados e se expande infinitamente.


É algo tão lindo e absurdamente maluco que é difícil para alguns aceitarem, e essa rejeição é até compreensível.

Eu procuro a simplicidade de acreditar. Acreditar ao infinito...




Deixar-se numericamente acabar por existir para sempre, para sempre e para sempre… (reticências! Meu Deus, as reticências!).



É muito para minha pobre alma...

27 de dez de 2009

pule...




Hora de se jogar pela janela marrom esquisita com cheiro de carvalho derrubado na graupel dos andes ,partículas de neve mais pesadas , geralmente chamadas de pelotas de gelo.É muito difícil distinguir do granizo miúdo , exceto pela convenção de que o granizo miúdo deve ter um diâmetro maior que 5 milímetros...
Fico aqui imaginando um senhor pesquisador medindo aparada num frio de 30 graus negativos...

A coisa não é tão fácil assim , quando olhamos para baixo e só vemos a neve e a morte , pois poucos sobrevivem a esse pulo ...

Mas, é urgente o salto...
O tempo já não é companheiro...
Só o salto salva e nos faz chegar ao arco íris do outro lado...
Entre o salto e a queda está toda a razão de ser ou não algo...

Vamos me de a mão e faça uma simbiose como em Avatar , deixe que seu tutano se infiltre no dna alheio , que é tão próximo e pule...


O amor é uma flor delicada, mas é preciso ter coragem de ir colhê-la à beira de um precipício.

26 de dez de 2009

3 presentes da Terra do Nunca!!!

Amei esse natal, tão cheio de um real significado para minha pobre vida e rica existência , por ter sido ao lado de quem amo e num silencio gostoso como se cada segundo antes da meia noite fosse uma cachoeira de felicidades tipo Niagara Falls caindo do alto do Everest...

Amei meus presentes que foram 3 , e por sinal dados por uma única pessoa , o que colabora com a ideia de eu ter gostado tanto do natal ao lado dessa única pessoa que me deu meus únicos presentes...Entende?

Bem , ganhei umas coisas adoráveis, se bem que a maior de todas foi e sempre será a presença de Cristo e sua luz e a presença da mulher que amo e cuido na medida do possível...

Ganhei um porta retrato estilo "noir" com alusão ao cinema e uma foto nossa "chic to chic" , que está na minha estante lindamente , como que marcando uma época dourada...

Ganhei um livro que queria muito ,mas muito mesmo , ler , até por que esse mês de Dezembro escrevi sobre esse autor(Henry Miller) e da minha total cara de bobo , ao ler o Trópico de Capricórnio...

Minha deusa , ao saber que gostei do livro, me presenteou nesse natal fabuloso , com o outro livro , o trópico de câncer , que estou devorando com a fome de 30 mendigos da Lapa...
Ganhei ainda uma tigela linda que é para eu comer meu bom e velho "sucrilho" , que tanto gosto , acompanhado de uma xícara de café e de uma leitura...

Por falar em leitura espero que isso que eu vou escrever sobre a mulher que eu amo , não seja visto como piegas ou brega , mas se for estou falando que estou disposto a ser isso sim , se isso for similar ao sentimento que tenho neste exato momento...Vai lá:

A mulher que amo é como uma estrela,
Aquela que é bem cintilante e atraente!
Dizem que brilha sobre as montanhas do Everest,
Mas que a origem do brilho vem da Baixada Fluminense!

A mulher que amo é como a mais linda
das criaturas,
Aquela que é bem dócil e arrebatadora!
Dizem que a sua beleza foi cultivada divinamente,
Mas que tal exagero foi selado para apenas um homem!

A mulher que amo é como um sorriso de menina,
Aquela que é bem dengosa, arteira e meiga!
Dizem que seu sorriso foi feito para dar tranqüilidade,
Mas que o seu lindo
sorriso será sempre contido!

A mulher que amo é como estar presente e ausente,
Aquela que é bem marcante por sempre estar!
Dizem que a sua marca está no olhar transparente,
Mas que esse olhar será fatal apenas para um!

A mulher que amo é como a beleza invisível,
Aquela que é bela mas também inexplicável!
Dizem que sua morada está na Terra do Nunca,
Mas que apenas um pode chegar a essa terra!

- Ah, como foi bom encontrar o caminho para a Terra do Nunca!!!

Espero que o dia 31 seja assim tão legal...

24 de dez de 2009

um monte de alcool na cachola

Natal ta ai batendo na portinha e o comércio rindo a toa , lucros e vendas e empregados trabalhando até as ultimas consequencias da saanidade mental pré estabelecida na nossa época turbulentissima...

Quantas boas açoes foram feitas hoje por intermédio de uma fé em algo maior que dinheiro??

Quanto por cento a intolerância humana diminuiu com o advento natalino??
Os lucros , apesar da crise só aumentaram, em contra posição hoje ,algo diminuiu , pelo menos por aqui no centro de Caxias ...

Então é natal , já dizia a cantora Simone com seu poodle na cabeça e já estava começando a me sentir triste...

Lembro que houve um tempo em que eu ia ficando pra baixo (mesmo) quando chegava dezembro:

-primeiro porque eu sabia que não iria ganhar aquele presente tão esperado, enquanto meus primos desfilariam suas roupas novas abrindo caixas e mais caixas de presentes, que ciúme!

-Segundo porque eu sempre quis ter uma árvore bem bonita e pisca-pisca na minha casa mas nunca tinha.

-Terceiro, era porque eu ouvia “Noite feliz” e ficava morrendo de dó de Jesus, “pobrezinho, nasceu em Belém”, imaginando a cena do seu nascimento, que foi tão pobre, tão simples, e com certeza tão sofrido quando José e Maria andavam pelas hospedarias e não encontravam lugar para ficar, e eu achava que Belém era muito longe de Duque de Caxias...Isso me dava muita vontade de chorar.

O tempo passou, montei a árvore, ganhei presentes, enfeitei a casa com pisca-pisca, mas o melhor de tudo: fiz uma experiência verdadeira com Deus e descobri o mistério de amor que é o Natal, um Rei que nasce humilde para nos trazer vida nova.

Não conseguirei dar um Natal melhor a todos os sofredores do mundo, sequer da minha cidade, mas tenho certeza que posso fazer melhor o Natal de uma pessoa, de uma família. Alimentos, roupas, presentes, presença, sei lá, sempre há algo a fazer. E o mais interessante disso é que a pessoa mais beneficiada nessa brincadeira serei eu mesma, porque quando saímos do nosso egoísmo, a vida passa a ter um significado especial.

Que todos achem um significado , além do lucro e da pueril sensação de uma roupa nova no esqueleto e um monte de alcool na cachola...

23 de dez de 2009

CUIDADO COM AS LUZES...

Noite longa e feliz ontem ,depois da visita ao cubículo meu cheio de livros , da bela psiqué, que foi de uma intensidade alarmante , fui comprar o famoso mega ultra cachorro quente do Russo ,e para meu espanto quando cheguei lá ,no ponto ao lado da mega ultra churrascaria ,o Russo não estava...

Liguei logo os fatos e conclui: ele foi abduzido e retornou para seu lar...


Depois dessa viagem perdida ,tive que recorrer a outros artifícios alimentícios e dei meu jeito , com de praxe e resolvi ligar para meus amigos , por que estava sem a mínima vontade de ir para o cubículo encontrar com morfeu...


O primeiro da lista foi o Músico e fundador do Mate coma Angú , mestre HB...


Depois liguei para o grande Dj André , que estava saindo do seu trabalho escravista do ramo dos calçados...


Depois liguei pra a dupla de mcs : Bob x e Faísca que deram o bolo e não apareceram ,com certeza mais uma abdução...


E para fechar a noite , aparece do nada o amigo Tranquilo , do grupo T.m.clã , que é da zona norte , mas tem uma namorada em Caxias...


Bom papo que foi de religião até música , sem perder o fluxo...

Hoje ainda estarei gravando 2 músicas para 2 projetos de fora do estado do Rio e só por total gratidão a meus amigos leitores e seguidores , transcrevo a letra de um desses raps , que vou gravar hoje , antes de ser abduzido também...

Das cinzas do resto do ultimo microfone
Desenhei meu flow no ultimo tijolo do muro sem nome
Ganhei o mundo slow profundo e um megafone
Representei vagabundo tipo cross road na voz do bizzy bone
Tipo Kafka ou assimov crio frases incandescentes
Vim aqui pra ficar meu kalashinikov é ultrapotente
explodimos eletronicamente os eletrodomésticos que domesticam as mentes
Catequizamos clones sintéticos com raro repente
Meu shure meu cetro, papo reto é meu camafeu.
Acordado mesmo dormindo sempre fugindo do morfeu
Duro é viver sem 1 real motivo...Achei o meu...
Quero fazer meu real improviso... O dom que deus me deu
Rainha rima minha me mantém i am the flow
Meu revés não convém no estado zen estou
Contra tudo que me detém refém do show eu sou
Muito...Muito além da calamidade to bem, slow...


Cuidado com as luzes brilhando em cima do seu cocuruto...

22 de dez de 2009

BOAS AÇÕES...

Outro dia em frente ao bar do Ananias, na pacata cidade de Nova Iguaçu, eu vi a morte da libélula... Não, não é um filme tipo abstrato da quinta geração dos nerds mauriçolas dos coletivos cinemalescos...

Foi assim  tinha um cara com uma libélula na ponta de dois dedos e um outro cara falou assim:
"Agora você já esmagou a asa da criatura"...


O cara dos dedos falou :
"Acho que não!"

E então num gesto de imensa generosidade largou a bela libélula pelo ar esfumaçado ...

Eu consegui acompanhar o trajeto da criatura e ainda pude ouvir do mesmo Márcio que a libélula é pré- histórica , por que sobreviveu a queda do asteroide...


Bem, quando a libélula já estava livre e voando sorrateira pelas nuvens veio num vôo rasante, um sabiá enorme e obeso e numa bicada só, papou a bela libélula, que pode ter sobrevivido ao asteroide mas mão sobreviveu ao sabiá faminto da terra das laranjas...

Devia ter na hora ter chamado o protetor das libéluas o famoso :


Homem-Libélula...

Nem sempre nossas atitudes que parecem ser boas, tem os resultados esperados...

Mas prefiro continuar a fazer boas ações e comentar isso, pois o tempo é liquido e o fruto é colhido de acordo com a semeadura...


E já dizia a Simone cantora, toda de branco e com um poodle na cabeça:
"Então é Natal"...

slowdabf

21 de dez de 2009

ONDE VENDE???

Grutas e cavernas explodem de tédio pois um morcego pendurado , sem ter quem atazanar , com suas asas de luxuria e seus sentidos de radar , que imitam o Daredevil , gritou bem alto " Quero o meu Umberto Eco"...


Lá da Italia o escritor ouviu o grito e atirou, com sua catapulta antiga , um pedaço de lava do vesúvio , bem na lata do Bat ,que xingou em hebraico todas as gerações de seres humanos com 10 dedos...


Sei que falar da falta de dedos de alguém é um erro , mas eu erro feio ...Eu sei...

Descobri ao longo do tempo que o único modo de evitar os erros é adquirindo experiência e a única maneira de adquirir experiência é cometendo erros. O problema é que cometo sempre os mesmos erros... tenho que achar ou fabricar novos...

Acho que minha vida está muito agitada e isso me deixa entediado... Tá!! Às vezes, fico extremamente ansioso também... Acho que é aí que reside a repetição dos erros: a ansiedade me deixa impulsivo. Quando vejo... Já foi!! Fiz merda!!

Aí, fico na deprê... entediado... ansioso... e lá fui eu novamente... Impulsão!! Acho que vou comprar uma catapulta igual do Umberto... Pelo menos evito a fadiga...


O que me intriga é que nos meus momentos de ansiedade, ESCREVO...

Acho que vou comprar uma catapulta mesmo... Aí, evito desgaste físico também... Aonde vende??


Estou cansado de viver e reviver as mesmas experiências... Preciso de novas... preciso de novos erros.

Bem, talvez expor minha vida na internet seja um novo erro que pode me trazer novas experiências... Sei lá... Quem estiver online ou acompanhando este humilde blog , verá!!!

20 de dez de 2009

BRUCE LEE E LULU ALI





Escrever é tirar poeira da poeira...

Entender o que se lê é mais complicado quando nossos olhos não escutam...

Esperar pelo mundo é escrever nos olhos abertos gotas de sentimento, pensando que talvez, a corrente sanguínea leve para o coração empoeirado, as palavras escritas...

Qualquer semelhança com nossas vidas é mera coincidência? 

Será que somos os herdeiros legítimos da maldição de Sísifo? 

Nossa vidas e atividades fazem algum sentido?

Ou é apenas o rolar uma "pedra" montanha acima e vê-la rolar montanha abaixo e mais uma vez empurrá-la pra cima e vê-la descer... Indefinidamente?

Se alguém ai do outro lado do Mac, realmente etá disposto a parar de empurrar a pedra e cansado de levar uma vida sem sentido, as alternativas irão aparecer, plagiando Caetano Veloso, virão tranquilas e infalíveis como Bruce Lee.




Eu abracei uma alternativa...
O preço de desafiar os "deuses" é alto, mas não há nada como se libertar das garras da ilusão e da mecanicidade do cotidiano. 

Essa liberdade, que custa caro, é que pode transformar o mundo e dar as pessoas um sentido pra suas vidas, fazendo-as recuperar sua verdadeira identidade.

Dicas de alguns balanços que meu amado pai e dj tocou na ultima sexta feira ...



T.S.MONK...







BROOKER NEW BERRY III





DAYTON






MAC THORNHILL


Ontem estava ouvindo sem querer uma canção do Lulu Santos (eu sou o Luiz Santos) e achei a letra bem legal e o engraçado que já tinha ouvido essa música , mas não tinha ouvido a letra num sentido mais amplo...

Eu gosto tanto de você 
Que até prefiro esconder 
Deixo assim ficar 
Subentendido
Como uma ideia que existe na cabeça 
E não tem a menor obrigação de acontecer

Eu acho tão bonito isso de ser abstrato baby
A beleza é mesmo tão fugaz
É uma ideia que existe na cabeça 
E não tem a menor pretensão de acontecer

Pode até parecer fraqueza 
Pois que seja fraqueza então
A alegria que me dá
Isso vai sem eu dizer

Se amanhã não for nada disso 
Caberá só a mim esquecer 
O que eu ganho, o que eu perco... 
Ninguém precisa saber

Eu gosto tanto de você 
Que até prefiro esconder 
Deixo assim ficar 
Subentendido

Como uma ideia que existe na cabeça 
E não tem a menor obrigação de acontecer

Pode até parecer fraqueza 
Pois que seja fraqueza então
A alegria que me dá...
Isso vai sem eu dizer

Se amanhã não for nada disso 
Caberá só a mim esquecer 
E eu vou sobreviver...

O que eu ganho, o que eu perco 
Ninguém precisa saber...


E ontem grafitei uma frase na escola que trabalho e ainda tenho as 7 cores por baixo da unha , espero que essas cores fiquem bastante tempo:

EDUCAÇÃO...

19 de dez de 2009

vida supimpa

"Quando descobriu o verdadeiro sentido de ser ele mesmo, o jovem Luiz (SlowDaBF) sofre uma iluminação azulada , que faz com que ele se torne escritor e tenha seus sentidos ampliados, além de ganhar um apurado senso de humanidade moral e mental, que faz com que consiga perceber o que ocorre à sua volta , mesmo quando milhares de tentativas tentem desvia-lo do bagulho .


Já adulto,Slow estuda borboletas e passa a treinar arduamente artes da ponta dos dedos. Com isso passa a ter uma vida supimpa: durante o dia é um conceituado professor e mestre de cerimonias e à noite passa a usar suas habilidades super-humanas para combater o ridiculismo e violento tédio, sob o codinome : O SER HUMANO POR TRÁS DO TODO DIA UM TEXTO NOVO".


eu e oz

Ontem estive no glorioso Casino Bangú , para ver a Trinere a famosa cantora de freestyle ou funk melody , que veio por estas bandas para mandar seus petardos :

- I KNOW YOU LOVE ME...
- HOW CAN WE BE WRONG...
- THEY ARE PLAYING OUR SONG...
- I LL BE ALL YOU EVER NEED...
- ALL NIGHT...
- ROCKING TO THE RHYTHM...
- ALONE AT LAST...

VC PODE OUVIR ESSAS MÚSICAS NESSE LINK AI DE BAIXO:
http://artistasdofreestyle.blogspot.com/2009/03/trinere-downloads.html

POR FALAR EM DESTRUIR TUDO , VEJAM ESSE FILME URUGUAIO:
http://www.ideafixa.com/2009/12/18/queimando-pisoteando-e-explodindo-montevideo/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=queimando-pisoteando-e-explodindo-montevideo

EU ACHEI DESTRUIDOR...


Sou poesia sem caneta ..caneta sem papel ..coração em chamas tipo tocha humana sem a mulher invisível...queimando a caneta para q ela não queime o papel da mulher que me queima e meu papel seja mais humano , feito o tocha...

18 de dez de 2009

eita nós...

Promessa é dívida:

Poesia do livro do HB:

Tamos ai na lida
vida escrita a caneta hidrocor
hidra esfinge medusa
que abusa o mistério da dor
o doce azedo incomum
e som do peito : baticum
batmanizado sem saber.
Tamos ai na luta
na puta incerteza do fim
e em mim um fogo que alarde
arde sintomaticamente ligado
esperando por alguém que não mais vem.

A PROVEITO O EMBALO PARA HOMENAGEAR :

Valêncio Xavier Niculitcheff:
A morte do escritor Valêncio Xavier Niculitcheff deixa um vácuo no cenário da literatura experimental brasileira. Misturando imagens e texto, Xavier não teve o reconhecimento devido enquanto vivo...

Isidore Ducasse Lautréamont:
Foi um gênio da literatura universal – André Breton considerava-o uma "revelação total que parece exceder as possibilidades humanas... Contudo, o autor foi-se transformando numa referência principalmente para intelectuais apreciadores do genero mais subversivo da literatura, tornando-se um autor cult ou não...

Raymond Roussel:
Foi um escritor famoso pela excentricidade de sua personalidade e de seu comportamento. Poucos leram seus livros, mas muitos sabem que ele foi um milionário excêntrico dedicado à literatura, à música, ao teatro, e sujeito a surtos psicóticos.

Joca Reiners Terron:
Só lendo esse cara pra alguém ter uma idéia do que ele é...

Rubem Braga:

Assistência foi chamada. Veio tinindo. Um homem estava morto. O cadáver foi removido para o necrotério. Na seção dos “Fatos Diversos" do Diário de Pernambuco, leio o nome do sujeito João da Silva. Morava na Rua da Alegria. Morreu de hemoptise.

João da Silva - Neste momento em que seu corpo vai baixar à vala comum, nós, seus amigos e seus irmãos, vimos lhe prestar esta homenagem. Nós somos os Joões da silva. Nós somos os populares Joões da Silva.

Moramos em várias casas e em várias cidades. Moramos principalmente na rua. Nós pertencemos, como você, à família Silva. Não é uma família ilustre; nós não temos avós na história.

Muitos de nós usamos outros nomes, para disfarce. No fundo, somos os Silva. Quando o Brasil foi colonizado, nós éramos os degredados. Depois fomos os índios. Depois fomos os negros. Depois fomos imigrantes, mestiços. Somos os Silva. Algumas pessoas importantes usaram e usam nosso nome.

É por engano. Os Silva somos nós. Não temos a mínima importância. Trabalhamos, andamos pelas ruas e morremos. Saímos da vala comum da vida para o mesmo local da morte. Às vezes, por modéstia, não usamos nosso nome de família. Usamos o sobrenome de Tal".

A família Silva e a família “de Tal" são a mesma família. E, para falar a verdade, uma família que não pode ser considerada boa família. Até as mulheres que não são de família pertencem à família Silva.

João da Silva - Nunca nenhum de nós esquecerá seu nome. Você não possuía sangue-azul. O sangue que saía de sua boca era vermelho - vermelhinho da silva. Sangue de nossa família. Nossa família, João, vai mal em política. Sempre por baixo. Nossa família, entretanto, é que trabalha para os homens importantes.

A família Crespi, a família Matarazzo, a família Guinle, a família Rocha Miranda, a família Pereira Carneiro, todas essas famílias assim são sustentadas pela nossa família. Nós auxiliamos várias famílias importantes na América do Norte, na Inglaterra, na França, no Japão.

A gente de nossa família trabalha nas plantações de mate, nos pastos, nas fazendas, nas usinas, nas praias, nas fábricas, nas minas, nos balcões, no mata, nas cozinhas, em todo lugar onde se trabalha.

Nossa família quebra pedra, faz telhas de barro, laça os bois, levanta os prédios, conduz as bondes, enrola o tapete do circo, enche os porões dos navios, conta o dinheiro dos Bancos, faz os jornais, serve no Exército e na Marinha. Nossa família é feito Maria Polaca: faz tudo.

Apesar disso, João da Silva, nós temos de enterrar você é mesmo na vala comum. Na vala comum da miséria. Na vala comum da glória, João da Silva. Porque nossa família um dia há de subir na política...

Slow da bf quase no natal...

17 de dez de 2009

quando a poesia fala mais alto...

Ontem estive no lançamento do livro do grande e talentoso amigo Heraldo Bezerra , a.k.a."HB" no Bistrô Brasil , na cidade que resido e sonho ,chamada Duk de Las Caixas , em pleno Grande Rio ...
Foi uma noite de alegria e música com a banda Comparasária e seus convidados (eu , por exemplo) e o HB dando seus recados no violão e na caneta ...Foi muito bom...
O livro é estupendo e magnífico , desde a capa até a composição...Nota 10000...



Amanhã ou depois coloco aqui umas poesias deste livro ...
Prometo...

Enquanto isso texto do xavi...

É tempo de Natal. As luzes e o apetite voraz pelo consumo não nos deixa esquecer um segundo sequer de que é tempo de celebrar o amor, a vida, ou melhor, o renascimento. É tempo de desejar, e o desejo passa pela vontade de dizer foda-se para os compromissos e embarcar nos prazeres que a vida nos oferece.

Comprar, beber, comer, relaxar. Isso é viver. Menos trabalho, mais gastos.
Uma matemática curiosa e difícil de fechar a conta.

Tão difícil que o desespero pelo desejo de viver este tipo de vida aflige a todos nós. A cada um de um jeitinho especial, mas ninguém está impune. Ladrões também querem os seus décimos-terceiros. Seus filhos também merecem ter os presentes anunciados nos programas infantis de TV. E este desejo promove o giro de muitas roletas.

Um dia de azar e: “boom”! Chegou sua vez, meu camarada. Uma pistola na minha cara, levaram o carro e minha câmera. Estava indo fotografar o lançamento do livro do meu grande amigo Heraldo HB, alias, comprei o livro, que é ótimo. E o policial que fez o Registro de Ocorrência pediu pra dar uma olhada no livro do HB. se interessou, folheou o livro e até leu uma poesia em voz alta! Cena surreal: delegacia de Duque de Caxias, 23h. Um policial datilografando um RO numa máquina de escrever velha, debaixo de um ventilador de teto que mal girava.

Do lado de fora mais cinco pessoas aguardavam para dar queixa de outros assaltos de outros automóveis, outras histórias. O policial parou tudo e leu uma poesia. Eu ri, muito.

Assim recebi um belo “adeus” para quem orgulhava-se em ter vivido 27 anos na Baixada Fluminense sem nunca ter sido assaltado. Não me chateia perder uma caixa com alguns quilos de metal sobre rodas, ou algumas lentes encaixadas dentro de uma outra caixa menor. O que me deixa triste é ter que dar uma pausa na infinidade de projetos que tinha e dependiam do uso dos dois.

Mas é isso: Vão-se os carros, ficam os amigos. Vão-se os bens, vamos aos livros.

16 de dez de 2009

vai chegar a sua vez...

sem ter o que fazer resolvi fazer essa lista




EPITÁFIOS DE GENTE FAMOSA:

· Ai, tô morta! (Agnaldo Timóteo)

· Nelson Ned é a p... que o pariu! (Anão Zangado)

· Causa mortis: pneumonia. (Anão Atchim)

· Estou dando para os vermes o que sempre recusei aos homens... (Angélica)

· Do pró ao pó (Arnaldo Jabor)

· Caí do cavalo (Beto Carreiro)

· Isso é uma vergonha! (Bóris Casoy)

· É preciso passar o inferno a limpo. (Idem)

· Cuidado: inflamável (Boris Ieltsin)

· Alguma coisa aconteceu em meu coração (Caetano Veloso)

· Moli (Cebolinha)

· A César o que é de César: um buraco (César Maia)

· Hay que apodrecerse (Che Guevara)

· Pai, viu o que deu não afastar de mim o cálice? (Chico Buarque)

· Ohana nas alturas (Cláudia Ohana)

· Às margens do rio Piedra eu sentei e a-do-rei! (Clodovil)

· No túmulo com Danuza (Danuza Leão)

· Logo hoje que eu estava toda encaralhada, puta que me p...! (Dercy Gonçalves)

· Finalmente, não preciso fazer mais nada (Dorival Caymmi)

· Atenção, velas, flores e fotos autografadas estão à venda no estande da Igreja Universal, à direita de quem entra no cemitério (Edir Macedo)

· A Sociedade Protetora dos Animais conserva esta área (Edmundo)

· Meu nome era Enéas! (Enéas)

· Não morri, estou fazendo pós-graduação da vida (Fernando Henrique Cardoso)

· Desta vez, doeu demaaaisss! (Gal Costa)

· A complexitude do sincretizamento da afrocrença nagô com a mitologização da catolicitude, não deixa duvidanças: desencarneci. (Gilberto Gil)

· Sempre adorei criança. Malpassada (Herodes)

· Enterrem meu topete na beira do rio (Itamar Franco)

· Foi o único jeito dele pular cerca... (José Rainha)

· Foi culpa da Rede Globo (Leonel Brizola)

· Aqui jaz um malvadinho (Luiz Eduardo Magalhães)

e alguns bem legais de verdade...


"AQUI JAZ A POBRE ANA
QUE POR CAUSA DE UMA BANANA
FOI LEVADA AO DESCANSO ETERNO:
A CASCA DA COISA A MANDOU PRO INFERNO."
(Burlington)

"DESCANSE EM PAZ
ATÉ NOS ENCONTRARMOS DE NOVO."
(Colocado no túmulo do marido pela "adorável" viúva Patricia Spencer, em Edgware, 1981)

"AQUI JAZ MARTHA DIAS
QUE TINHA UM GÊNIO DIFÍCIL
E NUNCA FOI RELIGIOSA
VIVEU ATÉ OS SETENTA
E O QUE RECUSOU AOS HOMENS,
DEU AOS VERMES, PRAZEIROSA."
(Epitáfio recolhido em 1806)

"SINTO AS FLORES CRESCENDO EM CIMA DE MIM."
(últimas palavras no leito de morte de John Keats)

"ESTA LÁPIDE FOI ERGUIDA
PARA SARAH FORD
MAS NENHUMA VIRTUDE EXISTE
PARA AQUI SER LEMBRDA
NÃO, SENHOR! ESTA LÁPIDE FOI ERQUIDA
PARA MANTÊ-LA DEITADA."
(Kilmmurry)

"A VIDA É BOA."
(últimas palavras no leito de morte de Machado de Assis)

"AGORA VOU DORMIR."
(últimas palavras no leito de morte de Lord Byron)

"SETE VIÚVAS EU DEIXO
E TAMBÉM UM PEDIDO TERNO:
SE NOS ENCONTRARMOS NO CÉU
NÃO TRANSFORMEM O LUGAR NUM INFERNO."
(Tyngsbord)

"AQUI JAZ JOÃO MIRO
QUE FOI MORTO POR UM TIRO
SEU NOME NÃO É MIRO, NA VERDADE ERA
ELEUTÉRIO
MAS COMO ELEUTÉRIO NÃO RIMA COM TIRO
MIRO FICOU MUITO MELHOR NO CEMITÉRIO."
(Recolhido na Inglaterra em 1875. No original, os nomes são John Bunn e Wood, que foram mudados com certo critério: não rimam com tiro e nem com cemitério)

15 de dez de 2009

devagar...

Ontem fui no lançamento do livro o bicho , do meu amigo e vereador (a ordem dos fatores não altera o coração) poeta e batalhador cultural , Geraldo Luiz Brinate ou como eu conheço Geraldinho...

Que festança...

Com direito a ovo colorido, torresmo ,aipim frito , linguiça cortadinha, cebola,cachaça,cerveja,fígado frito em tirinhas e várias coisas típicas dos bares e pé sujos da Bela Baixada...

Baixada que é a âncora do livro...Li o livro metade no busão e metade na cama e simplesmente adorei e recomendo muito ...sensacional...

E amanhã vou em outro lançamento de outro amigo (não vereador , por enquanto) Heraldo Bezerra , ou como eu conheço HB...Como são literárias as minhas amizades hahahahahahahhahahahahahahahahahahahahhahahahahahhhhhhhhhhhhahahhaha...


E o tempo vai passando devagar ...
Minha língua está com gosto de laranja com café...
Minha mãe esta internada...
Amanhã entro de férias das ongs da Rocinha...
Sexta vou ver Trinere e Stevie b ...
Quinta entro de férias dos projetos governamentais...
Vamos fazer um ano de todo dia um texto novo dia 1 de janeiro de 2010...

14 de dez de 2009

Verdades...

Queria escrever sobre algumas verdades:

Horatio Alger - foi um prolífico escritor do século XIX, que escrevia contos com o mesmo tema repetida vezes: um jovem de infância pobre que se torna um adulto de sucesso...Será que o destino já está traçado desde o dia que somos feitos no útero materno e será essa a verdade????

Krishnamurti - a essência dos ensinamentos de está contida na declaração feita por ele em 1929: ''A verdade é uma terra sem caminho". O homem não chegará a ela através de organização alguma, de qualquer crença de nenhum dogma, de nenhum sacerdotal ou mesmo um ritual, nem através de nenhum conhecimento filosófico ou técnica psicológica. Ele acha que só a observação levaria a verdade...

Rudy Wurlitzer - foi roteirita do filme “Corrida Sem Fim” uma saga de personagens, uma história sem começo, meio e fim. A história é uma parábola e os protagonistas, emblemas. Por isso não recebemos nenhum dado sobre os perfis de cada personagem. Não sabemos quem são nem de onde vêem. A estrutura narrativa foi planejada como uma grande metáfora para a geração hippie e serve como contraponto , neste texto , e me faz a seguinte pergunta: importa saber a "verdade"?.


Blaise Cendrars - "Nada é admissível, exceto talvez a vida, reinventada todos os dias". Nascido na Suiça em 1887, passou a vida viajando e escrevendo...Nada escapou aos olhos atentos e bem humorados de Cendrars: o caráter quase religioso dos grandes estúdios, o jogo de poder materializado nas filmagens, a fragilidade política das divas, o recém-inventado sex-appeal, os escritores contratados... São "fotografias mentais" focalizadas através da lente de um humor profundamente crítico - e premonitório que acha a "verdade" escondida em vários lugares...

Eu digo(parafraseando Henry Miller de novo) - trinta e tantos anos depois, continuo a dizer : a verdade é a sua verdade...

Verdade de Monsieur Antipyrine (queria ter inventado esse)! Verdade de Monsieur Tristan Bustanoby Tzara! Verdade de Monsieur Max Ernst Geburt! Verdade de Monsieur Rene Crevel "O mundo é louco".

Verdade de Jacques Vaché, tinha toda a razão: "A arte deve ser algo divertido e um nadinha maçador". Sim, meu caro Vaché morto, como tinha razão e como é divertido, e maçador, e comovente, e terno, e verdadeiro...

Repita-o, repita-o do outro mundo. Tem aí em cima um megafone? Encontrou todos os textos e todas as minhas verdades que foram pelos ares...

Breton disse que havia só o maravilhoso e nada mais do que o maravilhoso e que o maravilhoso é sempre maravilhoso e não é maravilhoso ouvi-lo outra vez, mesmo que os seus ouvidos estejam obstruídos?

Verdades...

13 de dez de 2009

EMOÇÃO...


QUE EMOÇÃO SENTI ONTEM NO BAIRRO DISTANDE 3000 MILHAS AQUANAUTAS DA LEMURIA, CHAMADO ROCK´S RABBIT OU COMO DESEJAM A MAIORIA ELITIZADA DO LUGAREJO , COELHO DA ROCHA...

MAIS PRECISAMENTE FALANDO E USANDO MEU GPS VIA SATÉLITE , O CLUBE APOLLO ...


A CAUSA DA MINHA IRRADIANTE ALEGRIA FOI MINHA IDA NA FESTA "SÓ DA ANTIGA"DO MEU GRANDE IRMÃOZINHO O DJ MY (LEIA -SE MI)...ELE ME (LEIA SE ME) CONVIDOU NOVAMENTE PARA ESSA FESTA, FESTA ESSA QUE JÁ É A QUINTA OU SEXTA EDIÇÃO , E QUE BASICAMENTE TOCA MÚSICAS ANTIGAS E FAZ TODO MUNDO DANÇAR...


EMOCIONANTE FOI OUVIR O CORO DA GALERA CANTANDO LEGIÃO URBANA NUM TOM AFINADÍSSIMO , QUE PARECIA A TORCIDA DO MANCHESTER MISTURADA COM A DO PALMEIRAS NA SEQUENCIA DE MPB...


EMOCIONANTE FOI OUVIR O BOM E VELHO SOUL E VER O BOM E VELHO SOUL MAN PAULO SOUL , DANÇANDO COM TRAJE DE GALA...


EMOCIONANTE FOI VER A ALEGRIA DE UM DEFICIENTE MENTAL QUE NÃO PAROU DE DANÇAR UM MINUTO (CONFESSO QUE DANÇOU MAIS DO QUE EU) E EMOCIONANTE AINDA FOI O ENCONTRO NA MINHA FRENTE DESSE DEFICIENTE EFICIENTE , COM UMA SENHORA QUE PARECIA SER MUITO AMIGA DO MESMO E QUE NÃO SE ENCONTRAVAM UM BOM TEMPO, PELO MENOS FOI O QUE PARECIA...


EMOCIONANTE FOI OUVIR AS MÚSICAS DA SEQUENCIA CHAMADA PELO DJ MY DE SWING:


BEBETO



DEVANEIOS




COPA 7









EMOCIONANTE FOI NO COMEÇO OUVIR A SEQUENCIA QUE O DJ CHAMA DE CHARME ANTIGO :



THE WHISPER



THE CONTROLLERS





LOOSE ENDS



EMOCIONANTE FOI VER OS B -BOYS DANÇANDO BREAK , EM DETERMINADO MOMENTO E A GALERA COM MAIS DE 50 DANÇANDO MÚSICA LENTA DE ROSTINHO COLADO, EM OUTRO MOMENTO...



EMOCIONANTE FOI DANÇAR COM UMAS LENDAS DA DANÇA DE SÃO JOÃO DE MERITI , O NIVALDO JACKSON , QUE JÁ DANÇAVA IGUAL AO FINADO MJ , QUANDO ELE AINDA ERA PRETINHO E O MEU XARÁ LUIZ CLAUDIO , CONHECIDO COM NEM DO BREAK...


EMOCIONANTE FOI VER A GALERA FAZENDO TRENZINHO NA HORA QUE O DJ COLOCOU A SEQUENCIA CHAMADA POR ELE DE FUNK DA ANTIGA...


AH, E POR FALAR EM TRINERE AINDA ESSA SEMANA LA NO CASINO BANGÚ MEU PAI VOLTA Á TOCAR JUNTO COM O DJ CIENTISTA NA SUA CASA O CASINO DEPOIS DE ANOS E AINDA COM AS ATRAÇÕES INTERNACIONAIS :



STEVIE B





TRINERE



CHATO SÓ FOI UMA ABORRECENTE QUE NO AUGE DA FESTA , NA HORA DAS MELHORES MÚSICAS , CHEGA PERTO DO SOM E PEDE:


"TEM COMO COLOCAR UM FUNK DE VERDADE AI NÃO PÔ(????) TIPO AQUELE "IH!CARACA!(????)

QUASE TIVE UM INFARTE POR NÃO PODER VOAR NO PESCOÇO DA DITA CUJA , ALI NO MEI DO SALÃO...


VAI SER ESTRAGA PRAZER PRAZER ASSIM LÁ NA BÓSNIA...