TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

31 de out de 2010

VOTE!!!

Dia de votar...Eu voto Dilma!!!!
Dia de mais uma vez decidirmos juntos e juntas, a melhor forma com que vai ser conduzido os próximos 4 (quatro) anos de nosso país. E por acreditar num programa de governo que contribuirá para que o Brasil, continue a evoluir, a mudar e a crescer, peço seu voto para Dilma 13.

Pois passados quase oito anos, vejo um Brasil mais justo, com menos miséria e mais distribuição de renda, sem criminalização dos movimentos sociais ou privatização do patrimônio público e respeitado internacionalmente.

Ainda não vejo um Brasil como eu gostaria que fosse, sem corrupção, sem pobreza, sem criminalidade. Mas vejo um país com um potencial de crescimento e melhoria muito grande, ao qual eu nunca vi em toda minha vida.

Pois hoje deixamos de ser um dos países de terceiro mundo, ao qual só éramos lembrados somente pelo nosso futebol, para sermos simplesmente o BRASIL, um país com identidade e sobre tudo visto, com respeito, em todo o mundo.

Por isso, peço seu voto para Dilma 13! Pois acredito, que ela é neste momento a única possibilidade para o que o Brasil continue evoluindo e mudando.

30 de out de 2010

minha vida

Tenho muito tempo pra pensar no pouco tempo que penso que tenho...
Tenho tempo para pensar em mim...

Eu consigo dar aulas, ter um raciocínio lógico e matemático, manter um discurso coerente, com princípio meio e fim, um dia inteiro e pensar noutras coisas...

Eu consigo preparar essas aulas, fazer rimas, escrever relatórios e marcar faltas e pensar noutras coisas...

Eu consigo gravar no estúdio, fazer ensaios, ficar concentrado e pensar noutras coisas...

Eu consigo estar com os meus amigos, pensar nos convites de casamento, remendar corações partidos, dar apoio, perguntar pelo pai, pela mãe e pelo o resto da família, ouvir as respostas e pensar noutras coisas...

Eu consigo conversar com os meus pais, ir às compras, ajudar aqui e ali e pensar noutras coisas...

Sobra-me tempo para pensar quando escrevo e estou no sono, mas nessa altura aproveito para ouvir música,correr como um louco ou então pensar noutras coisas como organizar mentalmente os meus dias com o que tenho para fazer e qual a ordem de importância...

Também costumo aproveitar para responder a mensagens atrasadas no twitter, facebook, myspace, hotmail, orkut ,recantodasletras e etc (shame on me)...

Nos dias em que tenho tardes livres aproveito para "dormir", é verdade, há dias que isto acontece... depois de almoço e antes de voltar ao computador (para preparar aulas ou andar na blogosfera) "durmo" umas horas e consigo pensar noutras coisas...

Amo muito uma quase psicóloga , vou ao cinema leio livros e consigo pensar noutras coisas...

Consigo fazer duas coisas ao mesmo tempo , in slow-motion , mas consigo...

Por isso não me sobra muito tempo...


Sinceramente não me sobra muito tempo para pensar noutra coisa que não seja a minha vida...

Quando for grande quero ser fim-de-semana...

Felizmente não me sobra tempo para pensar sobre a vida das outras pessoas!

29 de out de 2010

Olhar peculiar

Olhar peculiar

Ela é toda, boca, pele,suor,suspiros,arrepios
Faz-se de anjo, porém, sempre ela
Mostra-se e esconde-se
Prefere jogar-se no escuro
A sofrer sem tentar na clareira
Determinada sempre, ansiosa, explosiva,
Dengosa quando convêm
Misteriosa, passiva, aflita
Especial nata
Por isso total erótica
Exótica, misteriosa, provoca
Dar-se de maneira total
Sabe ser natural
Trava lutas internas
Conflitos, guerras, batalhas
Que são vencidas por ímpeto
De não deixar ser vencida
Ser feliz, fazer feliz, está feliz...
Felicidade sempre, onde ela estiver
Ela é pretensiosa...
Fogosa, fogosa, fogosa...
Doce e áspera
Verdadeiro paradoxo
Enfeita-se, ajeita-se, desalinha-se
Embeleza-se
Muitas vezes para esconder
Descontentamentos
Mulher, menina, senhora
Nua, crua, perversa, tirana
Negra, negra, negra
Reinventa-se conforme o momento
Doa-se conforme a necessidade
Transforma-se conforme a natureza da vida
Vive intensamente sempre que lhe é permitido.

28 de out de 2010

mate me no mate




Blogueiro vai ao Mate com Angu mas toma cerveja


Igor Barradas, apresentando seu novo filme, Queimado


Sabrina Bitencourt, que exibiu seu novo curta-metragem, Nina Vida - Adereços
de uma manhã de carnaval.


Igor Cabral, apresentando o curta Salomé


Panorâmica do público do Mate com Angu - o cerol fininho da baixada.

Crédito das fotos: Carola Oliveira, também conhecida como "Cleópatra".

No dia 28 de outubro, o blogueiro foi ao Mate com Angu , coletivo de cinema realizado há alguns anos em Caxias, na Baixada Fluminense. Uma vez por mês, jovens realizadores da Baixada e também do Rio encontram-se num galpão para assistir produções alternativas, experimentais, e confraternizar. A edição da semana passada, foi intitulada Catapulta, pois correspondeu ao lançamento de vários filmes.

Um dos primeiros filmes exibidos foi Monocelular, de Felipe Cataldo, cineasta que vem amadurecendo uma linguagem muito particular, muito ligado à poesia visual.

Depois tivemos, de Slow e Márcio Grafiti, o filme Funk-se 2.0, um passeio (como diz a sinopse) pela lenda do verdadeiro funk carioca, avô do pancadão de hoje.

Gaiola, de autoria do Cineclube Tupinambá, e direção de Felipe de Oliveira e Helio JR, é uma bonita ficção sobre um pássaro que é preso numa gaiola, uma defesa poética e apaixonada pelo fim do cativeiro, que é uma forma de tortura imperdoável.

Bicho Lamparão, de Rafael Mazza e Rodrigues Folhes, é uma entrevista filosófica com um sujeito extraordinário: "eu sou empírico, mas científico!".

O ambiente do Mate com Angu continuava esquentando, e a bebida era vendida a preços módicos. A organização do evento havia disponibilizado, como sempre faz, dois ônibus partindo do Passeio, na Lapa, que vieram cheios de cariocas sedentos por cinema, poesia e cerveja.

E aí um grande momento, o novo curta de Sabrina Bitencourt, uma deliciosa poesia abstrata, Nina Vida - Adereços de uma Manhã de Carnaval. A câmera experimentada e sensível de Igor Cabral encontra texturas inusitadas, românticas, para contar um sonho de menina, uma fantasia.

Depois tivemos Salomé, ambicioso filme de Igor Cabral (sim, o mesmo) que remete às epopéias de Pasolini. Inspirado na peça homônima de Oscar Wilde, Cabral constrói uma narrativa sólida, cheia de delicadas surpresas fotográficas.

E tudo isso com a cerveja rolando. Mas as pessoas permaneciam atentas aos filmes. O ápice da noite veio agora, com o novo filme de Igor Barradas, um dos fundadores do Mate com Angu. Queimado tem a fotografia do mesmo Igor Cabral, direção de arte de Bia Pimenta e figurino de Fabíola Trinca. Só fera.

Aí pronto. A galera explodiu. A festa começou. No som, Mdc Suingue et Kika Serra, do Caipirinha Appreciation Society. A eletricidade no ar era tanta que os olhos das meninas brilhavam como pássaros incandescentes. Os olhos dos meninos, por sua vez, eram projetores exibindo filmes de Jonh Cassavetes...

Às duas horas da manhã, voltamos para o Rio, ainda nos ônibus obtidos pela organização do Mate.

Eu pensei em escrever tantas coisas bonitas, poéticas, culturais, filosóficas, para agradecer as boas horas que desfrutei, e, sobretudo, para retribuir o prazer de assistir tantos filmes legais; mas não sei o que dizer. É muito difícil explicar. Você tem que ir lá.

O Mate é um evento extremamente vivo, refinado, autêntico - seguramente o melhor cineclube do Rio de Janeiro. As pessoas envolvidas são completamente apaixonadas por cinema, e a maneira pela qual elas se entregam, se unem, se ajudam, em prol dessa causa, tão fundamental para o Brasil se tornar, um dia, um país de primeiro mundo, é um exemplo de força, inteligência e amor - e vou te dizer, isso não é para qualquer um.

São essas pessoas que estão construindo, pacientemente, determinadamente, incansavelmente, gloriosamente, um país mais interessante, com mais poesia, mais cinema, mais cerveja e mais angú.

27 de out de 2010

FRED 04 , RANGO JAPONA , ENCHENTE E ABL

Ontem o tempo parou e a noite foi parametaransformeada em algo mágico como já foram ou deveriam ser todas as noites neste estado- mundo chamado rio de jam...

A parada começou a brilhar , cedo tipo umas 7 da noite , na papoulosa e impaupulitivel Academia Brasileira de Letras...

Na ABL tínhamos o lançamento do livro Mate Com Angu da Duquecaxiense de vez em quando , Dalva Lazaroni sobre a vida e obra da graaaaaaaaaaaaande Armanda Alvaro Alberto conteporranea de Olga Benario , inclusive no cárcere...(É A QUE ESTÁ NA DIREITA DA FOTO)

Aqui tem informação sobre a Armanda:
http://www.armandaalvaroalberto.com.br/

Depois de varias caras engraçadas do HIgh society Carioquez e Capapretense ,Nós , o povo do cineclube Mate com Angu , ficamos estratégicamente colocados em fila indiana por ordem alfabética em baixo de uma escada do tipo maçonica e ali encontramos Baco e suas Taças caras...


De lá começamos a luta pra pegar um táxi (EU , HB E TRINCA) com destino a Joaquim Silva e fomos todos para o Gohan que quer dizer Rango em japonês , segundo o BARRADAS ...
Na mesa , além do peixe , estavam ainda:

BERTONI , PABLO PABLO PABLO , PIMENTA E BARRADAS

De lá com o bonde mais enxuto , fomos para a Men de Sá e lá com o pobree rico pretexto de falarmos sobre a mistificação das emas em crise existencial , encontramos , andando só e pensativo o pensante Fred 04 , aquele mesmo do Mundo Livre S/A , que logo entendeu a filosofia complexa dos matianos restantes e se sentou com a cúpula e pareceu que era Caxiense das antigas...


Logo chegou outra convidada que nem foi tão convidada assim...
A dona chuva , que fez a rua se metamorfosear num lago Andino e nos fez brincar de trapezistas em cima das cadeiras de plásticos , acostumadas com glúteos de formas 1000 , mas que agora seriam sempre e apenas equilibradoras de pessoas felizes com esperanças humanitárias jamais dimensionadas...




S.U.R.R.E.A.L.

26 de out de 2010

Rezando..

Rezando muito pra que tudo dê certo, pra que a vida se encaixe e as almas descansem...

ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS

HJ VOU ME APRESENTAR NA ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS E FALTAM POUCAS HORAS PARA O EVENTO...ALGUÉM PODE ME TRANSFORMAR NUM AVESTRUZ ???

25 de out de 2010

PROFESSORES...INSUBSTITUIVEIS...

DIA DOS MESTRES...

O PROFESSOR PARDAL DEVE ESTAR FELIZ , ASSIM COMO O PROFESSOR XAVIER...


Sempre achei ele o máximo...


Voto pra presidente do conselho dos professores do universo...

E TEMOS MAIS "PROFESSORES"

Português
Professora Sasha


Seeenta que lá vem história: a querida chata Sasha postou durante as gravações do filme que iria gravar mais uma "sena" (sic) com uma cobra.
A Sasha já deve ter decorado o dicionário inteiro de vergonha. A guria provavelmente devorou livros de gramática só pra evitar uma situação semelhante durante o resto da vida. Solícitos como sempre, os seguidores apontaram o erro de português e tiveram que ouvir isso:

"FUI VCS NÃO MERECEM FALAR COMIGO NEM COM MEU ANJO"

Xuxuxu-xaxaxá tem tooooda razão, NÃO merecemos.






Literatura
Professor Reynaldo Gianecchini



O cara é ator, mas jura que nunca vê televisão. Contraditório, não?
"É a primeira vez que venho a uma festa do VMB. Acabei de chegar... E nunca assisto televisão, mas gosto muito da MTV", confessou o ATOR, — REPITO: ATOR que nunca vê TV.

Mas que depoimento bem esquizofrênico esse! O cara trabalha com a TV e nunca assiste TV! Deve ser por isso que ele tem uma xúúúper expressão e manda muito na interpretação, né?

Enfim, vamos fingir que é verdade. Se ele não vê TV e não vive na balada, deve ler um livro atrás do outro.





História
Professora Kelly Key


A coluna Retratos da Vida lançou um boato de que uma cantora famosa estaria traindo o maridão com um dos dançarinos de seu show. E, apesar de não citar o nome da fulana, deu pistas de quem seria.

- Loura-bonita-e-gostosa
- Estava em uma festa na Furacão 2000, há um ano e meio
- A cantora já tem um histórico de infidelidade
- Recentemente fez uma viagem internacional

Agora vamos dar uma de Sherlock Holmes e fazer algumas deduções:

- Cantora loira, bonita e gostosa? Claudia Leitte ou Kelly Key
- Furacão 2000 em abril de 2008? Kelly Key
- Histórico de infidelidade? Kelly Key - o Latino bem sabe
- Viagem recente? Kelly Key foi ao Japão no começo do mês (Claudinha não saiu do Brasil)

Ou seja... Tirem suas próprias conclusões!






Conhecimentos Gerais
Professora Naiá



A senhorinha mostrou que está por dentro dos assuntos do mundo ao comemorar a vinda das Olimpíadas pro Brasil com um ''A Copa é nossa''.
Se o Brasil inteiro está comemorando as Olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro, a ex-BBB Naiá mostrou que está bem por dentro do assunto:

''A Copa é nossssssssssaaaaaa. Tinha certeza. Estou emocionada.''

Imagina os ensinamentos da sem noção? Deve mudar toda a visão do mundo como nós conhecemos.





Religião
Professora Rihanna


Com o tradicional cabelo crista de galo, Rihanna fez um passeio turístico por Veneza, na Itália. Só que a cantora escolheu o pior visual possível e acabou barrada na Basílica de São Marcos por motivos de indecência.

Usando um vestidinho preto micro com um sutiã aparecendo por baixo - que o The Sun classificou como visual de garota de programa -, a sem noção foi proibida de entrar na igreja já que estava com os ombros e pernas descobertos.

Solução? Ela se enrolou em panos vermelhos - ou duas toalhas de mesa de pizzarias italianas - e conseguiu conhecer o local.

Básico, né? Afinal, falta de classe não é pra qualquer um - mas Rihanna parece ser mestre nisso!

Ou seja: esqueça o código de vestimenta. Daria até pra frequentar a aula dela de biquíni minúsculo pra debater os dogmas das religiões de uma maneira nada respeitável. Ela não ligaria!








Física
Professora Josiane



A ex-BBB sentiu o efeito da gravidade e resolveu dar uma recauchutada na comissão de frente. Só que devido ao tamanho das novas peitolas acabou tendo problema de equilíbrio. Resultado? Tombos e mais tombos.

A ex-BBB Josy caiu durante um desfile em Fortaleza... Ok, um tombo não é mico suficiente, é preciso cair mais uma vez no mesmo evento pra ficar bom.

Pois então, ela voltou pra passarela toda alto astral, querendo mostrar que não tinha se abalado com a primeira queda, fazendo dancinhas e tudo mais.

Resultado? Caiu de novo no mesmo lugar, dessa vez com direito a patinadas!!!

Sim, eu ri muito de novo! Fazer o que?

Depois de sofrer com as leis da física, resolveu trocar o silicone por um de tamanho mais humilde, restaurando o balanço do corpo.



Química
Professor Dado Dolabella



Após pegar metade das famosas no Brasil, Dado finalmente disse ter encontrado a tal química na mulher, Viviane Sarahyba. E né, vamos combinar que ele se esforçou muuuuito pra isso, é quase um doutor no assunto. Merece respeito no ramo!

Na festa DE CASAMENTO, os irmãos de Dado vão cantar músicas do repertório do ator.

– Quero me divertir, mas cantar, de jeito nenhum – garante, para a sorte dos convidados!





Economia
Professora Katie Holmes



A morena é bem sensata e cuida dos gastos da família. Bem humilde, ela gastou cerca de 3 milhões de dólares em roupas pra filhinha de 3 anos. Sabe poupar, né?

Vai dizer que depois de tantas aulas você não está pronto para o vestibular?

Brincadeirinha, nós os professores somos insubstituíveis!

COM PRECIOSA AJUDA DO SITE HOLOFOTE...

estrangeiro!!!

Depois de quase 18 anos , acabei de reler o livro " O Estrangeiro" de Albert Camus!


Continuo achando o livro muito bom e o escritor muito talentoso e um dos melhores que já li , só que agora , tantos anos depois , entendo muito mais o personagem principal "Mersault" e seus pensamentose a falta de alguns , e posso dizer que esse para mim é um bom livro e como todo bom livro já começa dizendo a que veio.

Logo no primeiro parágrafo de O Estrangeiro,Camus entorta o meu cerebelo ao apresentar o desdém do narrador Mersault à notícia de que sua mãe falecera.

Mas o que seria apenas um desconforto específico, limitado ao comportamento de um personagem, em pouco tempo ganha a força de um soco no estômago dado pelo homem pedra com tensão pré menstrual...


A apatia de Mersault serve como um espelho, na sua presença todos os nossos ritos, objetivos, preocupações e sentimentalismos parecem desnecessários. Ridículos.

E o efeito disso torna-se ainda mais devastador quando percebemos que o personagem leva uma vida simples e normal, sem qualquer distúrbio psíquico-social. Como a maioria de nós, dedica-se ao trabalho, tem amigos, namorada e curte ir à praia aos domingos (tirando a praia , me encaixo no padrão).

A diferença está na sua consciência de que não pode mudar os rumos da vida.
Conforma-se com isso, adapta-se às condições impostas pelas engrenagens do tempo e aproveita o que de bom lhe aparece.

O resto, deixa acontecer.

Para ele, o prazer já basta...

Deus, casamentos, funerais e julgamentos são meras invenções formais que distanciam o homem da crueza dos fatos.

O vazio de sentimentos, crenças e ambições de Mersault, aos olhos da sociedade, são suficientes para lhe transformar num estrangeiro no lugar em que vive.



Abaixo, livre tradução de uma parte do prefácio à edição estadunidense:

"Resumi O Estrangeiro, já faz bastante tempo, com uma frase que reconheço ser bastante paradoxal:
Em nossa sociedade, todo homem que não chora no enterro de sua mãe corre o risco de ser condenado à morte.

Pretendo dizer apenas que o herói do livro é condenado porque ele não joga o jogo.
Teremos contudo uma idéia mais exata do personagem, em todo caso mais conforme às intenções de seu autor, caso se pergunte de que modo Meursault não joga o jogo.

A resposta é simples, ele recusa mentir.
Mentir não é somente dizer o que não é.

É também, sobretudo, dizer mais do que é e, no que concerne ao coração humano, dizer mais do que se sente. É o que fazemos todos, todos os dias, para simplificar a vida.

Meursault, contrariamente às aparências, não quer mais simplificar a vida.



Nem eu quero !!!!!!!!!!

chorei muito

Chorei muito...

Dia 12 de Outubro de 2009 e em plena Igreja da Candelária, coração do centro da cidade "maravilhosa" , lá estava eu chorando...

Foi um choro sangrento , doído , desses que a gente nunca mais esqueçe...

Ontem a trupe da Membros apresentou seu espetáculo "Meio fio" , só que foi tudo muito diferente , além da dança já clássica e muito clássica , foi apresentado também um ato político e um ato de amor...



Político , pois é preciso sim , dentro da arte ter essa veia exposta , que é de ser o apontador da sociedade , das suas virtudes e de suas mazelas...

Amoroso , por que tem coisas que só o amor pode fazer...

Uma das maiores manchas no nosso Rio de Janeiro , quase não foi lembrada nesse dia das crianças, eu disse quase , pois os resistentes estavam lá na Candelária , palco de uma das maiores tragédias já vista , nesse mundo louco...

A chacina de menores na porta desta igreja , representa a barbárie e o mal , que não queremos nas nossas vidas , e a não lembrança dessas crianças , no dia das crianças , é um fator a mais para o esquecimento , daquilo que foi , é e será uma mancha enorme , no coração da cidade das olímpiadas em 2016...

Logo que foi anunciado o inicio do espetáculo , um vento muito forte começou a soprar e para quem pode sentir algo no ar , esse momento foi marcante...

Quando tudo acabou , os Membros começaram a chorar de maneira copiosa , um choro que foi invadindo o rosto de cada pessoa que estava ali , como se fosse o vento soprando lágrimas nos nossos olhos e uma forte emoção me pegou , um "pai nosso" foi puxado e chorei muito...

Paulo Roberto de Oliveira
Anderson de Oliveira Pereira
Marcelo Cândido de Jesus
Valdevino Miguel de Almeida
"Gambazinho"
Leandro Santos da Conceição
Paulo José da Silva
Marcos Antônio Alves da Silva

Descansem em paz...

Cada dançarino , estava vestindo uma camisa com o nome de uma das crianças que não mais podem comemorar o dia das crianças...



Ontem chorei muito...
Ouvi muito choro...
O vento é quem sabe!!!!

CRIANÇA!!!

Dia das crianças...

Me sinto ainda um moleque , quando estou muito feliz e não ligo a mínima para os que não sabem a diferença em ser criança e estar criança...

Quando duas ou mais crianças se encontram pela primeira vez, em poucos minutos se entrosam e logo estão alegres, partilhando sentimentos, emoções, risos e brinquedos ou brincadeiras. Convivem sem economia de estímulos umas às outras.

Situação bem diferente ocorre entre dois ou mais adultos quando se encontram pela primeira vez. Em sua maioria não possuem a naturalidade de se conhecerem e se relacionarem como as crianças.

Relacionam-se, geralmente, com alguma inibição ou com medo de rejeição, outros ficam com desconfiança mútua, com inveja do outro e com sentimentos de superioridade ou inferioridade e relacionam-se com esses ou com outros inibidores da espontaneidade natural que deveriam possuir como seres humanos.

Sem o perceberem estabelecem distância entre si e não partilham naturalmente da companhia uns dos outros, evitando assim de darem estímulos naturais aos outros, economizando nesses estímulos.

Triste realidade essa, onde seres humanos adultos e "civilizados" não sabem ser naturais e espontâneos uns com os outros, como as crianças.

Pais e educadores conscientes se angustiam com a realidade da sociedade chamada de "moderna" e com o tipo de gente que está sendo formado hoje por essa sociedade.

Pessoas sem sentimentos naturais, condicionadas a um estilo de vida onde os valores dominantes são sintetizados no item "ter cada vez mais" em detrimento do "ser cada vez mais pessoas de qualidade".

Valores distorcidos que estão formando pessoas com individualismo e egoísmo exagerados onde um dos principais objetivos das pessoas é "levar vantagem sobre as outras", sobrepujando-as em tudo.

É comum, na atualidade, encontrar pessoas com grande dificuldade de relacionar-se naturalmente com as outras pessoas, de expressar naturalmente os seus sentimentos, gerando conflitos, casais que não mais se entendem, jovens agressivos e famílias desestruturadas e muitos outros problemas humanos.

Muita gente está se acostumando a esse estado de coisas e até considera essa situação como natural.
Mas muitos outros não se angustiam com essas situações pois sabem que existe a possibilidade de mudança para as pessoas voltarem a ser saudáveis, com condições de relacionar-se com os outros de modo equilibrado e natural, confiando nos outros, agindo realmente como seres humanos de qualidade.

Um caminho para essa mudança saudável é voltar à época de nossa infância e voltarmos a ser como as crianças, resgatando lá no fundo de nossas memórias, aquelas características naturais de seres humanos:

o amor fraterno, a alegria, a autenticidade e a sinceridade, a bondade, a colaboração e solidariedade, a confiança e a lealdade, a cordialidade, a espontaneidade e simplicidade, a honestidade, a intimidade natural e a sensibilidade.

24 de out de 2010

Entendo de alma!!!

Poeira. Muita poeira. Nas roupas, na alma,na cabeça e no coração. Essa visão pode parecer catastrófica para quem não gosta de poeira. Não deixa de ser.

Mas para quem viaja mais de dois mil km ou até mais e busca aprender a viver e obter conhecimentos , isso é apenas o símbolo de trabalho.
Aliás, que trabalho? Essa palavra é pesada demais para quem faz as ações por prazer.

Assim é uma boa parte do que faço...

Durante o quase 2 anos de realização dos textos daqui desse blog, a palavra trabalho não se conjugava como obrigação, mas como aprendizado contínuo de dezenas de momentos e de amigos que comentam virtualmente e falam comigo na street.

Mas o que é ser realmente artísta? Difícil defini-lo em poucas palavras ou em muitas palavras. Só sabe quem faz ou é, mas posso trazer algumas definições.

Na verdade, definição é muito burocrática. Serei mais informal e mais humano, pois ser artísta é entender de alma , seu interior, frágil em estrutura mas forte em ser espelho de Deus...

Poucas vezes na vida são determinantes para que você veja realmente o que é importante. E o importante é crescer junto, respeitar as diferenças e ver que mesmo nas dificuldades cotidianas o ser humano busca construir dias melhores.
Essa visão só se dá para quem sai dos livros e papeis e parte para a prática, vê e vive o momento em slow motion.

Vendo cada dia, cada texto , cada música e sua singularidade, a vontade de ensinar com os estudantes na verdade esconde a verdadeira realidade: Eu,que aprendo com cada pessoa e com cada momento.

Cada sorriso e abraço de uma criança que guarda em si a esperança do futuro. Cada olhar meio desconfiado e uma recepção acima de todas as expectativas feita por meus alunos de RAP e Grafitti.

Em cada gesto simples (que simples?), em cada conversa ao pé do ouvido e atenção dispensada por todos e, acima de tudo, não somente falar, aprender a escutar e trocar conhecimento.

Tudo isso representa um pouco do ser artísta. Passaria o dia todo nestas mal traçadas linhas na busca do definir o que quero ser e o que acho que sou, porque as palavras tentam mas não conseguem definir o real sentimento de quem vive in loco os problemas e a busca das soluções , as alegrias e tristezas , a força e a fraqueza das pessoas e de mim mesmo.

Palavra nenhuma conseguiria descrever um olhar de uma criança ou de um idoso atento ou disperso sobre tantas pessoas ou sobre meu lápis. Não compreendemos as vezes que o importante de um momento e determinante em um futuro pode ser um acalento, abraço e uma palavra confortante.
A partir daí se pode continuar as ações, nas diversas áreas desde um blog até um mega-show.

O gesto de fazer palestras, oficinas e de levar a capacitação seria apenas mecânico se não tratássemos a todos e a nós mesmos como seres humanos.

A cada pessoa que participou de algo mágico (ensinando ou aprendendo) e que em seu coração agora tem um artísta ou ser humano mais "tchan nan nan" dedico meus momentos , mantenha em suas almas esse sentimento, que tomou conta de mim.

Pois com essa nova energia você fará diferença não somente na vida de outros, já que foi deixada a semente que vingará, mas a diferença se fará em vocês mesmos.
dj nino...luck zulu...slow zulu...rj 2000000000000000000000

Você, eu e todos podemos modificar nossas vidas para melhor. A união começa com a frase: “todo dia É um texto novo”.

23 de out de 2010

shaw e cia...

meu quse meio irmão






O BLACK JACK SOU QUASE MEIO IRMÃO DESSE CARA!!!
AKIRA E DÃO PA CHA
SHAW E P,10


A GALERA NA VIBE

Fui no show do Shaw em Botafogo e achei a parada muito bem feita ...
Boas letras e bom flow...Rever os amigos Xará, Damien Seth , Chapadão , Akira ,Marcio zulu graffitti e P,10 , foi um bom momento...
Ainda rolou o dj Roger Flex













Teve também o show de um grupo que não conhecia :
Brenfa 3030...


Achei bem louco...

22 de out de 2010

terra do nunca

Hoje, pensando em amanhã, sinto aquela vontade de ir pra Terra do Nunca saborear nuvens de algodão doce, deleitar-me num gramado de marshmallow e esconder-me em árvores de chocolate sem me preocupar com taxas de insulina estourando no organismo (supostamente, na Minha Terra do Nunca eu posso fazer tudo e continuar saudável, rs). Ele, às vezes, é como um Peter Pan perdido... sua sombra me acalenta e, quando tenta fugir, estou lá pra impedir que se separe do seu corpo de tons e texturas como um quadro fiel a Da Vinci. Outras vezes, é um Oliver Twist tentando sobreviver diante das agruras do egoísmo. De Willy Wonka sua personalidade tem um pouco...um pouco de sombrio... olhos expressivos como um facho de luz de cometa milenar e respiração numa cadência de descompasso livre e direcionada, quente e úmida. Com ele sinto que ganhei o bilhete dourado e virei sócia da fábrica mais deliciosa de chocolate de um mundo animado e fluorescente. Ao seu lado sinto que não mais sou órfã de romantismo e poesia... sinto que posso ler o pensamento do gato de Alice mesmo que, de vez em quando, esteja num país com poucas maravilhas... No céu de Fantasia vejo um Rei Leão cantando feliz da vida e admiro a versão singela de uma rosa pertencente a um conto de bela e fera, que povoou meu imaginário há algum tempo, quando no dia das crianças ganhei uma Barbie, a única que tive (o que a torna mais especial). Sinto saudades com gosto de bolo de aniversário do tempo em que balançava e cantava todos os dias e brincava de casinha com minha mãe. Meu pai fazia armário de madeira, mesa e cadeirinhas. Eu tomava banho de mangueira e me sentia completa. Muitas gargalhadas gargalhantes gargalhosas... Hoje comemoro com minha sobrinha, a luz divina que nesse momento envolve nossa família, o dia de amanhã. Com apenas dois dentinhos, seu sorriso é o mais fascinante. Daqui a uns anos, vivendo na Terra do Nunca com meu Peter Pan, os sorrisos de dia das crianças serão em nossa casa, dentro de uma árvore cheia de amor, fé, saúde, música, poesia e olhos brilhantes...É nisso que tenho fé e é nisso a que me agarro todos os dias quando vejo no espelho o mesmo brilho nos olhos de quando a infância era palpável... se chegar perto ainda é, à sua maneira...

esse é da piqué

21 de out de 2010

A ACADEMIA BRASILEIRA DE PSICOLOGIA INTRA ESPACIAL E A ACADEMIA INTERNACIONAL DE PSICOLOGIA NEURAL CENTRIFUGADA, NESTA GALERIA LANÇAM OS GRANDES LUMIN

OS GRANDES LUMINARES DA PSICOLOGIA


A ACADEMIA BRASILEIRA DE PSICOLOGIA INTRA ESPACIAL E A ACADEMIA INTERNACIONAL DE PSICOLOGIA NEURAL CENTRIFUGADA, NESTA GALERIA LANÇAM OS GRANDES LUMINARES DA PSICOLOGIA DO 34 SETTOR INTERPLANETARIO.

A MONOGRAFIA INÉDITA DEVEM SER APRESENTADA EM 5d, COM A HOLOFOTOGRAFIA DO BIOGRAFADO, ACOMPANHADA DA AUTORIZAÇÃO LASER-OFTAL-SENSORIAL DE SEU AUTOR PARA PUBLICAÇÃO. O TRABALHO DEVE SER ENVIADO POR TELETRANSPORTE PARA A SEDE DAS ACADEMIAS NO PLANETA YFTRUYRE.

Pierre Janet - O Luminar da Psicopatologia.

Roque Theophilo

Elysio de Moura: a notoriedade de uma vida.

Sara Lopes

MIRA Y LóPEZ - Pioneiro da Psicologia e dos Direitos Humanos

Jorge Trindade

PHILIPPE PINEL - Uma nova concepção de loucura

Julia Paglioza Alvares
ULYSSES PERNAMBUCANO DE MELO SOBRINHO

UM DOS PIONEIROS DA PSICOLOGIA BRASILEIRA

Analise de fatos de sua vida

ULYSSES PERNAMBUCANO DE MELO SOBRINHO

Roque Theophilo

SIGMUND FREUD

Jos� Ant�nio Zago

Henri Faure

O grande incentivador da divulgação da obra de Pierre Janet

Roque Theophilo

CARL GUSTAV JUNG
Jos� Ant�nio Zago

Milton H. Erickson

Dra. Selma Ap. Amaro de Aguiar

Donald Woods Winnicott: a expressão de humano no fazer criativo

20 de out de 2010

onde vivem os mostros lambe sola??



"Sou simples"...Nem sempre eu sei...

Acho que pessoas podem ser simples o tempo todo tipo esse carinha chamado carinhosamente de Lambe-Sola que nasceu em Atalaia, mas passou grande parte de sua vida em Viçosa, onde aprendeu e exerceu sua profissão de sapateiro ,como meu avo paterno o grandeeee Luiz Ignacio A.K.A. o carioca , também das Minas Gerais.


Tonho Lambe-sola e o quadro negro com lições gramaticais: hábito de emoldurar palavras



















O sapateiro Antonio Aurélio de Morais tem mais de 80 anos e vive em Atalaia, mesma cidade da Zona da Mata alagoana em que nasceu. Órfão, teve de se virar desde muito cedo para sobreviver, o que lhe garantiu o apelido de Tonho Lambe-sola. Poeta, tem a paixão, o ritmo e a inventividade cronista de um repentista de primeira linha.


Analfabeto até os 45 anos, recusa-se - em alguns momentos de maneira afetada - a versejar na língua portuguesa tal qual é normalmente ensinada pelas escolas. Daí sua "poesia" ser grafada "purizia" e seu léxico ser tomado pela variante caipira do idioma.

O contato com o abecedário, no entanto, foi como se uma janela da arte tivesse se aberto. Só depois de alfabetizado é que passou a compor versos matutos, que antes arranhava de memória.

Mas Tonho encantou-se de tal maneira com as palavras sorvidas em seu minidicionário Aurélio, que cultuou o hábito de emoldurar, nas paredes de seu barraco, palavras escritas a lápis, como "pélago", "palinódia", "obumbramento" e "bestialógico", entre dezenas de outras.

Com a mesma dedicação, mantém, intactas num quadro-negro pendurado em sua sala, as lições gramaticais que aprendeu, com Bechara, Cegalla e Olga Pereira. Para rememorar, sempre que precisa, e desobedecer, toda vez que verseja.



Apenas aos 40 e poucos anos se alfabetizou , percorrendo de cartilhas do ABC a gramáticas e dicionários renomados.Do aprendizado passou para a composição de poemas , chegando a escrever um livro " veros de um lambe sola" que já passou da 3 edição e possui cerca de 40 poemas...

Trechos do livro:

Pé-Quebrado Profissão Ingrata


“Trabáio a mai de trintano / Na arte di sapatêro / Nunca consegui dinhêro / Argum / Trabáio às vêis in jinjum / Di manhã inté mêio-dia / Passando tôda gunia / Di fome...”


"Não sou simples" e as coisas que tento pintar não tentam ser!

Existem simplicidades que se tornam coisas grandes e complexas tipo essa historia bem simples...

"Física atômica para milhões" não parece o tipo de título que atrairia a atenção de colecionadores de livros infantis. Mas a obra didática, de 1947, é disputada em sebos e já foi vista com etiquetas de US$ 1,5 mil...

O motivo não está na reputação dos autores, os respeitáveis doutores Maxwell Leigh Eidenoff e Hyman Ruchlis. Os colecionadores estão atrás é da assinatura do garoto que, então com 19 anos, foi convidado por Ruchlis, seu professor de ciências, para ilustrar o livro em troca de US$ 100 e uma forcinha no boletim.

Esse garoto era Maurice Sendak ...


Onde vivem os monstros...

Com mais de 18 milhões de exemplares vendidos só nos Estados Unidos, vencedor dos principais prêmios literários, traduzido para mais de 20 idiomas, aclamado pela crítica...